///Entenda quais são as principais mudanças que a LGPD causará nas empresas, empreendedores e profissionais

Entenda quais são as principais mudanças que a LGPD causará nas empresas, empreendedores e profissionais

Como dissemos anteriormente, a LGPD é uma Lei que exigirá mudanças em diversos procedimentos empresariais e profissionais.

Toda pessoa física e empresa, acabam entrando em contato com dados de outras pessoas físicas, sejam empregados, autônomos, prestadores de serviços, terceirizados, clientes, atendidos, etc.

Qualquer dado de qualquer pessoa!

Por isso, a adaptação aos termos exigidos pela Lei, serão inevitáveis para que não tenham qualquer tipo de problema de multas.

As multas podem chegar até R$ 50.000.000,00!

Sendo assim, é muito importante que, as empresas e os profissionais também, comecem a se inteirar sobre as regras que essa nova Lei trará para o dia a dia. Reunimos neste artigo, algumas mudanças, confira!

Essa nova Lei vai levar as empresas do Brasil para um novo patamar

Não podemos negar que a LGPD, será um marco para o nosso país: ao implantar essa nova Lei, o Brasil será visto como uma nação que se importa com os dados de seus habitantes.

Isso porque, ao ter regras mais rígidas no repasse de certas informações para as empresas (sejam elas privadas ou não), teremos cada vez menos problemas com vazamentos e crimes digitais.

Além disso, as empresas que cumprirem todas as regras da Lei Geral de Proteção de Dados, serão melhores vistas pelos investidores e possíveis clientes. Porque ao cuidar e sempre pedir permissão para captar as nossas informações, entregarão com mais qualidade e transparência. São mudanças que a LGPD irá trazer para as empresas, que farão total diferença.

Mas o impacto dela não para por aí!

Diversos processos terão que ser revisitados

Independente do porte, as empresas e pessoas físicas terão que se adaptar às novas regras que a LGPD está trazendo. Para citar exemplos práticos, a captação de dados simples como nome e CPF de novos fornecedores e funcionários, vai precisar ser remodelada.

Até a captação de dados em uma portaria de prédio terá de ser revista!

Pode uma farmácia pedir o CPF do cliente para comprar algum remédio?

Pode, no mercado, solicitarem seu CPF? Como a Lei trata isso?

Podemos tirar foto para anexar ao controle de acesso no estabelecimento?

A própria LGPD exige que as empresas que delegar um novo funcionário para cuidar apenas dos dados captados pelas mesmas, função decidida internamente pelos empresários e gestores. Esses novos cargos, levarão o nome de Controlador e Operador de Dados, e caso não tenham uma pessoa para exercer essa função, a empresa pode ter problema e até mesmo levar multas.

LGPD: Um ponto de melhoria para todos os brasileiros

Como uma Lei que foi criada para cuidar das informações de todos nós, a Lei Geral de Proteção de Dados, vai servir como uma ótima oportunidade para que as empresas sejam bem vistas, o que vai impactar em uma boa imagem para nosso país.

Vai ser necessário muita paciência, para que a implantação não seja um processo difícil e que causará problemas. É importante, que os gestores comecem a estudar desde já para passarem pelo processo de uma forma tranquila.

Uma das formas de ficar sabendo um pouco mais sobre a LGPD, é através do Workshop Gratuito que estamos organizando! Não deixe de se inscrever, através do link abaixo.

Para se inscrever em nosso Workshop Gratuito sobre a LGPD, CLIQUE AQUI
Confira o vídeo na integra, “LGPD: Possíveis percas nos Procedimentos da Empresa”.

 

 

 

2019-10-14T11:28:29+00:00Notícias, Publicações|
WhatsApp CHAME NO WHATSAPP