///Dedução do Afastamento por Covid-19 – Contribuições Previdenciárias

Um Projeto de Lei (PL nº 4118/20) apresentado na Câmara dos Deputados visa prorrogar a dedução do afastamento do empregado incapacitado devido ao COVID-19, nas contribuições à previdência social.

A possibilidade de deduzir os primeiros 15 dias de afastamento do empregado, que contraiu Covid-19, acabou no período de apuração de junho/20, havendo a regulamentação do encerramento da medida através da Nota Técnica 21/2020, pois a previsão era que perdurasse por apenas três meses.

A proposta visa desonerar as empresas que ainda se encontram em dificuldades financeiras, prorrogando a medida por mais três meses, em um total de seis, a contar de 02/04/2020, desde que o afastamento seja comprovadamente decorrente de coronavírus. O valor da dedução continuará se limitando a um salário mínimo.

Acompanhem nossos canais para mais dicas.

Fonte: AF FIGUEIREDO

Participe dos nossos grupos do WHATSAPP e TELEGRAM para informações exclusivas sobre as áreas Trabalhista, Fiscal e Previdenciária.

Nós recomendamos o grupo exclusivo no Telegram, pois contém acesso a todo histórico das publicações anteriores e há grupo de discussões.

Grupos no WhatsApp e Telegram:

QUERO PARTICIPAR! GRUPO WHATSAPP / TELEGRAM
2020-08-11T17:11:49+00:00Notícias, Publicações|
WhatsApp CHAME NO WHATSAPP